Desempenho Agroeconômicos na Avaliação do Consorcio de Algodão Herbáceo + Feijão e Coentro Sob Sistema Orgânico
PDF

Palavras-chave

Algodão
consórcio
agricultura familiar
análise econômica.

Como Citar

Lima, A. R. de L. A. R. L., & MELCHIOR NAELSON BATISTA DA SILVA. (2009). Desempenho Agroeconômicos na Avaliação do Consorcio de Algodão Herbáceo + Feijão e Coentro Sob Sistema Orgânico. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9732

Resumo

O algodão configura-se como uma alternativa de renda para a agricultura familiar sendo de grande importância para a forma de vida dos agricultores do semi-árido nordestino. Esse trabalho tem como objetivo estudar o desempenho agroeconômicos do algodão herbáceo (Gossypium hirsutum L.) em sistemas consorciados com feijão gordo (Phaseolus vulgaris L) e coentro (Coriandrum sativum L.) sob sistema orgânico em épocas iguais de semeadura, verificando-se as relações de competitividade entre as culturas. O experimento foi conduzido em condições de campo, em três propriedades da comunidade Gabinete no município de Remígio – PB, mesorregião do agreste da Borborema, no ano agrícola de 2007. O experimento foi conduzido em DBC, dispostos em três tratamentos (1-algodão + coentro; 2-algodão + feijão e 3-algodão solteiro) e doze repetições, totalizando trinta e seis unidades experimentais. Considerando os resultados obtidos para renda bruta, renda líquida e taxa de retorno, considerou-se que houve vantagem econômica para o produtor quando o algodão foi semeado em consórcio com o feijão e o coentro, já que os valores referentes ao consórcio foram menores do que os cultivos isolados.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.