Avaliação do Uso do Pó de Basalto na Produção de Feijão
PDF

Palavras-chave

Adubos
pó de rocha
Phaseolus vulgaris

Como Citar

Plewka, R. G., Zamulak, J. R., Venâncio, J. A., Marques, A. da C., & de Oliveira, C. D. (2009). Avaliação do Uso do Pó de Basalto na Produção de Feijão. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9710

Resumo

O feijão é uma das principais culturas da agricultura familiar do município de Cruz Machado - PR. Devido ao alto custo dos adubos químicos e dos problemas ecológicos advindos de sua utilização, buscam-se alternativas ao seu uso. Com este objetivo foram avaliados os efeitos da aplicação de diferentes doses de pó de basalto na produção de feijão preto. As doses utilizadas foram de 0, 1, 2 e 3 t ha-1 de pó de basalto e um tratamento adicional com 2 t ha-1 de pó de basalto + 0,5 t ha-1 de cama de aviário. Não foi constatada diferença estatística na produção do feijoeiro em função dos tratamentos avaliados. Frente ao pouco tempo de avaliação deste experimento e a do fato de que os processos agro ecológicos de construção da fertilidade do solo devem se dar ao longo do tempo, o experimento terá continuidade para se obter resultados mais conclusivos, repetindo-se as mesmas doses utilizadas anteriormente.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.