Sistema Cooperativo de Cultivo de Plantas Medicinais em Assentamento
PDF

Palavras-chave

geração de renda
cooperativismo
agricultura familiar

Como Citar

Gonçalves, M. A., Domingos, F. A., Seifert, A. L., Moraes, J. T. de, Tiossi, P. C., Andrade, L. F. de, Bruno, J. L., Domingos, F. de O., Lonni, A. A. S. G., Vidal, L. H. I., & Diniz, A. (2009). Sistema Cooperativo de Cultivo de Plantas Medicinais em Assentamento. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9559

Resumo

O trabalho em desenvolvimento busca orientar tecnicamente agricultoras familiares do assentamento de Reforma Agrária “Iraci Salete” de Alvorada do Sul - PR, no cultivo de plantas medicinas, voltadas à produção de chás e fitoterápicos, com o objetivo de geração de renda e melhoria das condições de vida, o bom uso dos recursos naturais e a relação harmoniosa entre o homem e o processo produtivo. Além da orientação técnica para produção, também é feita assistência para beneficiamento, comercialização, e controle de qualidade. Conhecendo a realidade de cada agricultor e as limitações e aptidões, juntamente com um breve conhecimento do mercado local, foram selecionadas as plantas a serem cultivadas. Com a decorrência do projeto observa-se a conscientização dos agricultores quanto a uma forma agroecológica e cooperativa no desenvolvimento da atividade e o conhecimento técnico inicial de cultivo e manejos. O estabelecimento dos cultivos está se mostrando possível com um bom desenvolvimento das plantas apesar de alguns estresses causados pelo clima.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.