Avaliação da Resistência de Cultivares de Milho ao Ataque de Sitophilus sp. no Grão Armazenado
PDF

Palavras-chave

Zea mays
teste de atratividade
teste de confinamento
milho transgênico
milho crioulo.

Como Citar

Herrmann, D. da R., Carvalho, M. J. de, Zachow, K., Scholz, F., Rabbers, D., Tsutsumi, C. Y., & Zonin, W. (2009). Avaliação da Resistência de Cultivares de Milho ao Ataque de Sitophilus sp. no Grão Armazenado. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9542

Resumo

O uso de cultivares resistentes a insetos aparece como forma de controle mais favorável e de fácil utilização, reduzindo as populações de insetos sem causar danos ao meio ambiente, sem custos adicionais e não exige conhecimentos específicos para a sua utilização. Este trabalho tem como objetivo estudar o efeito de grãos de cultivares de milho sobre o controle de Sitophilus sp. durante o armazenamento. O presente trabalho foi conduzido no Laboratório de Mecanização Agrícola e Solos da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Campus de Marechal Cândido Rondon. Foram avaliadas 10 cultivares sendo 4 cultivares crioulas, 3 híbridos comerciais, 2 variedades melhoradas e 1 cultivar transgênico. Foram realizados testes de livre escolha com 10 cultivares simultaneamente. Foram realizados testes sem escolha (confinamento) com as dez cultivares. Foram avaliadas no teste de sem escolha os seguintes parâmetros de resistencia: índice de suscetibilidade, números de insetos emergidos, ciclo biológico e massa dos adultos. Para o teste de preferência de Sitophilus sp. a cultivar OC 202 mostrou maiores níveis de infestação, diferenciando estatisticamente das demais cultivares, CD 321, 8 Carreiras, Pixurum, Brancão e Carioca, as menos atrativas. Para o teste de confinamento de Sitophilus sp. as cultivares Brancão e Ipanema apresentaram maiores valores para número de insetos emergido, massa total de insetos, maiores índices de suscetibilidade e menores valores para ciclo biológico do inseto, mostrando ser as menos resistentes. A cultivar 8 Carreiras foi considerada a mais resistente ao ataque de Sitophilus sp.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.