Produção de Parasitóides para Controle Biológico na Região Oeste do Paraná
PDF

Palavras-chave

Trichogramma pretiosum
trissolcus basalis
cultivo orgânico

Como Citar

Martinazzo Portz, T., Pietrowski, V., & Dressler, F. (2009). Produção de Parasitóides para Controle Biológico na Região Oeste do Paraná. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9435

Resumo

A região Oeste do Paraná apresenta crescente número de produtores familiares agroecológicos e métodos alternativos vêm sendo desenvolvidos para produção agrícola. No laboratório de Controle Biológico da UNIOESTE, financiado com recursos do CNPq e da ITAIPU BINACIONAL, dentro do projeto Cultivando Água Boa, com apoio da EMATER e do CAPA, tem-se produzido parasitóides para controle do percevejo da soja, através de Trissolcus basalis, e traça do tomateiro através do Trichogramma pretiosum. São atendidos produtores orgânicos de toda região, através da assessoria de entidades e associações e buscando formação e capacitação de profissionais para controle biológico. São atendidos 20 municipios da região Oeste do Paraná, desenvolvendo trabalhos, sejam de pesquisas, assistência técnica ou prestação de serviço.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.