Uma Compreensão de Educação do Campo que Vincula a Identidade da Escola à Valorização da Vida Camponesa: Práticas Pedagógicas na Escola Municipal Rural de São Joãozinho- APA de Guaratuba-PR.
PDF

Palavras-chave

cultura
trabalho e processo sócio-educativo de ensino e aprendizagem.

Como Citar

Ferreira, M. R., Negrelle, R. R. B., & Zanatta, R. A. F. (2009). Uma Compreensão de Educação do Campo que Vincula a Identidade da Escola à Valorização da Vida Camponesa: Práticas Pedagógicas na Escola Municipal Rural de São Joãozinho- APA de Guaratuba-PR. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9321

Resumo

Este relato de experiência tem como objetivo descrever as práticas pedagógicas que são desenvolvidas desde junho de 2008 na Escola Rural de São Joãozinho, com crianças de 07 a 11 anos de uma sala multiseriada, de 1ª a 4ª série do ensino fundamental, o qual visa à valorização da cultura das pessoas que vivem no campo, pois a cultura é muito importante para o desenvolvimento comunitário, assim como sua identidade. Esse processo dialógico de atividades com as crianças e o envolvimento dos pais no processo de ensino e aprendizagem a partir do reconhecimento e valorização da cultura e da identidade, trouxeram a valorização dos saberes locais, auto-estima das crianças e o comprometimento dos pais nas atividades escolares, ampliando o espaço formativo dos educandos e dos próprios pais.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.