Efeito de Diferentes Níveis de Radiação no Desenvolvimento de Mudas de Calophyllum brasiliense Cambess. Clusiaceae - Guttiferae
PDF

Palavras-chave


Intensidade lumínica
produção de mudas
guanandi.

Como Citar

Antonio Laura, V., Marcel Melotto, A., Anghinoni Bocchese, R., Priscila Seleme, E., & Marques Neves, I. (2009). Efeito de Diferentes Níveis de Radiação no Desenvolvimento de Mudas de Calophyllum brasiliense Cambess. Clusiaceae - Guttiferae. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9307

Resumo

Neste trabalhou objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes intensidades lumínicas em mudas de Calophyllum brasiliense. O experimento foi realizado na Embrapa Gado de Corte, Campo Grande, MS, com mudas em sacos plásticos de polietileno de 1 kg de capacidade (15 x 25 cm) submetidas à quatro intensidades de irradiação (0%, 30%, 50%, 70%) com três repetições de 20 plantas cada, totalizando 300 mudas utilizadas dispostas em um delineamento em blocos casualizados (DBC). Foram avaliados no início e aos 120 dias de experimento sobrevivência, altura, diâmetro do colo, número de folhas e filocrono de 12 mudas de cada repetição, escolhidas aleatoriamente. A sobrevivência das mudas foi de 100% em todos os tratamentos. Os demais parâmetros avaliados foram influenciados significativamente pelas intensidades lumínicas, concluindo-se que 50 % de interceptação da luz é a intensidade ideal para o desenvolvimento inicial de mudas de C. brasiliense
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.