Aranhas de Solo (Arachnida; Araneae) em um Agroecossistema (Parnaíba, PI, Brasil)
PDF

Palavras-chave

Agroecologia
Corredores Ecológicos
Biodiversidade
Bioindicadores
Nordeste do Brasil

Como Citar

Cunha, J. A. S., Arzabe, C., & Brescovit, A. D. (2009). Aranhas de Solo (Arachnida; Araneae) em um Agroecossistema (Parnaíba, PI, Brasil). Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9226

Resumo

Visando analisar as alterações na composição e diversidade da comunidade de aranhas na fase de implantação de um sistema agroecológico e o papel de corredores ecológicos (faixas de vegetação nativa mantidas na área de plantio), foram realizados dois inventários no ambiente, localizado no município de Parnaíba (PI), nos meses de maio e junho de 2008. Foram coletadas 241 aranhas de solo distribuídas em 11 famílias e oito nichos tróficos. A área controle e o corredor ecológico apresentaram a maior diversidade de aranhas de solo (H’=1,89 e 2,09, respectivamente), sendo registrada perda da diversidade de aranhas na área aberta do sistema (H’=1,75), relacionada à retirada da vegetação e conseqüente alteração da estrutura ambiental. Os dados sugerem que os corredores possam ter papel importante no sistema por fornecer habitats propícios para as espécies sensíveis às mudanças inerentes ao estabelecimento e manejo dos agroecossistemas.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.