Estágio Interdisciplinar de Vivência: Uma Experiência de Residência Agrária no Assentamento Zumbi dos Palmares em Marí-PB
PDF

Palavras-chave

Quilombolas
etnia
educação

Como Citar

Santana, D. M. (2009). Estágio Interdisciplinar de Vivência: Uma Experiência de Residência Agrária no Assentamento Zumbi dos Palmares em Marí-PB. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9162

Resumo

O Estágio Interdisciplinar de vivência consiste em um período em que alunos de diversas áreas de graduação deslocam-se para comunidades rurais e vivenciam o cotidiano de uma família. A comunidade que atuei foi o Assentamento Zumbí dos Palmares em Marí-PB, onde convivi 09 dias com a família da professora do assentamento, participando de todas as atividades por eles desenvolvidas. Conhecendo a realidade da comunidade através do EIV pude observar aspectos da organização política do assentamento, da organização da produção e comercialização dos assentados e sua organização social e cultural no assentamento, da estrutura organizativa das associações e cooperativas. Isto contribui para a formação de um profissional diferenciado, comprometido com a transformação da sociedade, capaz de entender e intervir de acordo com a dinamicidade dos processos sociais em curso, e de um ser humano consciente do papel histórico das organizações populares, e dele próprio enquanto agente desta transformação.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.