Desempenho de Plantas de Cobertura de Verão na Produção de Biomassa e Supressão de Plantas Espontâneas
PDF

Palavras-chave

sorgo
feijão de porco
crotalária
biomassa
plantas espontâneas

Como Citar

Goulart, P. L., Campos, S. A., Bastiani, M. L. R., Moreira, G. M., & Pereira, L. C. (2009). Desempenho de Plantas de Cobertura de Verão na Produção de Biomassa e Supressão de Plantas Espontâneas. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9125

Resumo

Para a utilização de espécies como plantas de cobertura, tornam-se fundamentais as informações agronômicas obtidas de avaliações realizadas em cada região. Com o objetivo de avaliar o desempenho de plantas de cobertura de verão na produção de fitomassa e na supressão de plantas espontâneas na região de Rio Pomba, MG, foi conduzido um experimento no IFET – SDMG, no verão de 2008/09. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso com quatro repetições. Os tratamentos constaram das seguintes espécies de plantas de cobertura: sorgo; crotalária juncea; feijão de porco; sorgo+crotalária; sorgo+feijão de porco, e o tratamento formado pela vegetação espontânea (testemunha). O sorgo ou seu consórcio com feijão de porco ou crotalária, foram os tratamentos que apresentaram maior potencial de produção de fitomassa além de maior cobertura do solo, em relação às demais plantas de cobertura, para as condições da região. Maiores infestações com plantas espontâneas foram obtidas no monocultivo do feijão de porco ou da crotalária, em relação aos demais tratamentos.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.