Biodiversidade e Transição Agroecológica de Agricultores Familiares
PDF

Palavras-chave

redesenho de agroecossistemas
sustentabilidade
controle biológico
sistemas agroflorestais

Como Citar

Carneiro, R. G., Sujii, E. R., Hoffmann, M. R., Pires, C. S., Medeiros, M. A., Pereira, J. F., & Harterreiten, Érica S. (2009). Biodiversidade e Transição Agroecológica de Agricultores Familiares. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9067

Resumo

A forte dependência de insumos externos coloca em risco a sustentabilidade da agricultura. A transição agroecológica necessária para reverter este quadro tem no redesenho dos agroecossistemas, na biodiversidade e aproveitamento de mecanismos e interações ecológicas um grande aliado e desafio. Este trabalho enfoca o papel da biodiversidade funcional e produtiva nos agroecossistemas, sua forma de implantação e manejo. Objetiva dotar agricultores e extensionistas dos princípios para promoção desta transição. Foram implantadas 6 unidades de experimentação, onde os agroecossistemas foram redesenhados com ênfase no aumento da biodiversidade. Foram implantados sistemas agroflorestais em todas as unidades e seus princípios serviram de referência para diversas práticas agroecológicas implantadas. Estão sendo avaliadas a sustentabilidade, fertilidade do solo, evolução econômica dos sistemas e a dinâmica populacional de artrópodes.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.