Estudo da Fragmentação Florestal na Microbacia Hidrográfica do Córrego Poço Grande – Município de Ouro Verde do Oeste - Pr
PDF

Palavras-chave

Adequação ambiental
passivos ambientais
georreferenciamento

Como Citar

Augusto Varolo Gambaro, D. .-., Uhlein, A., Mondardo, D., Dalazen Castagnara, D., Claudia Meinerz, C., Broetto, L., & Feiden, A. (2009). Estudo da Fragmentação Florestal na Microbacia Hidrográfica do Córrego Poço Grande – Município de Ouro Verde do Oeste - Pr. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9023

Resumo

O trabalho avaliou a fragmentação florestal presente na microbacia do Córrego Poço Grande, Paraná. Foi realizado o levantamento a campo dos dados cadastrais, uso do solo, passivos ambientais e georrefenciamento das propriedades. Os dados foram processados para elaboração dos mapas cartográficos, mapa de diagnóstico ambiental e projeto de controle ambiental e o mosaico de uso do solo atual e proposto após adequação ambiental. Através dos mosaicos foram quantificados o número e o tamanho dos fragmentos florestais existentes e propostos após a adequação ambiental e foram classificados de acordo com a área. Foi observada a necessidade de implantação de 93,8 ha de florestas para recuperação das áreas de RL e APP. Quando considerada a adequação ambiental das propriedades o número total de fragmentos florestais reduziu de 31 para 21, houve o aumento da área média dos fragmentos florestais de cada classe, indicando a união de fragmentos existentes pela implantação da área florestal.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.