Caracterização de um Sistema Agroflorestal na Comunidade de Feijão I, localizada no Município de Bom Jardim - PE
PDF

Palavras-chave

agricultura sustentável
reciclagem de nutrientes
autonomia alimentar.

Como Citar

Alencar Dantas, C. A. D. C., Rojas de Andrade, E. C., Pimentel Dória, A., Barbosa de Lima, M. A., & Mattos, J. (2009). Caracterização de um Sistema Agroflorestal na Comunidade de Feijão I, localizada no Município de Bom Jardim - PE. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/9006

Resumo

O presente trabalho foi realizado na Comunidade de Feijão I, no município de Bom Jardim, Estado de Pernambuco, em um sistema agroflorestal implantado em 2003. Teve como objetivo realizar uma análise comparativa entre o teor de nutrientes do solo, tendo como base análise realizada em 2007, e determinar o teor de umidade da serrapilheira, além de conhecer os diferentes componentes do sistema (propriedade), buscando entender as possíveis relações entre estes componentes. O sistema agroflorestal foi adotado pela família por proporcionar vantagens econômicas e ambientais, como a reciclagem dos nutrientes de forma mais eficiente, favorecendo a atuação de microorganismos benéficos ao solo, aumentando o incremento na fertilidade e consequentemente a biodiversidade do sistema (sítio). A opção de aplicar um modelo de agricultura sustentável possibilitou ao agricultor autonomia alimentar além de assegurar maior diversidade ecológica e harmonia entre os elementos dentro da propriedade.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.