Diagnóstico Preliminar da agricultura Familiar no Assentamento Santo Antonio da Fartura
PDF

Palavras-chave

Práticas de transição
agroecologia
agricultura familiar.

Como Citar

VIEIRA DA SILVA DONINI, J., MURATA, afonso T., & Reis Marques, R. (2009). Diagnóstico Preliminar da agricultura Familiar no Assentamento Santo Antonio da Fartura. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8960

Resumo

O objetivo do trabalho foi diagnosticar práticas agrícolas e situação socioeconômica em propriedades do assentamento Santo Antonio da Fartura, Campo Verde–MT, com intenção de conhecer as práticas agrícolas e buscar formas de implementar uma agricultura com base agroecológica. A agricultura familiar exerce papel importante no país, pois, além de grande produtora de alimentos, é fonte de renda para o agricultor, buscando ainda conciliar o uso dos recursos naturais com as práticas agrícolas. Para a realização do trabalho, foram feitas 39 visitas em propriedades do Assentamento, utilizando um roteiro com perguntas abertas visando obter as informações. Pequena parte do assentamento tem somente práticas de transição para agroecologia, ficando claro que a não adesão se deve a insegurança na perda de produção continuada, que visa atender o mercado local, tornando-se necessária orientação técnica.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.