Monitoramento das Variáveis Físico-químicas da Água durante a Produção de Peixes Nativos Endêmicos do Reservatório de Salto Caxias, Paraná, Brasil
PDF

Palavras-chave

aqüicultura
qualidade da água
monitoramento ambiental.

Como Citar

Wächter, N., Bueno, G. W., Diemer, O., Fries, E. M., Costa, J. M., Feiden, A., & Boscolo, W. R. (2009). Monitoramento das Variáveis Físico-químicas da Água durante a Produção de Peixes Nativos Endêmicos do Reservatório de Salto Caxias, Paraná, Brasil. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8925

Resumo

Na região Sudoeste do Paraná no reservatório de Salto Caxias, existem vários grupos de pescadores, produtores rurais e piscicultores que produzem peixes, em sua maioria para subsistência. Suas propriedades familiares vêem sendo acompanhados desde 2003 por alunos e técnicos do Grupo de Estudos de Manejo na Aquicultura da Unioeste com o intuito de difundir tecnologias e aprimorar processos produtivos que gerem renda e melhorem a condição de vida destes produtores rurais. Em constantes visitas, observou-se que o reservatório possui várias espécies endêmicas e que poderiam entrar em extinção devido a pesca extrativa. Portanto, iniciaram-se vários projetos para difundir e incentivar a produção sustentável de peixes em tanques-rede a fim de diminuir a pressão sobre os estoques pesqueiros do reservatório. Durante o cultivo de peixes o monitoramento das variáveis físico-químicas da água torna-se a principal ferramenta para validar o modelo de produção dentro dos moldes sustentáveis evitando impactos ambientais.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.