Produção de Sementes de Milho Crioulo no Assentamento Guanabara Como Estratégia Para o Desenvolvimento Regional no Território Caminhos do Tibagi
PDF

Palavras-chave

agricultura familiar
Zea mays
sustentabilidade

Como Citar

Wiesinieski, M. B., Waureck, A., Weirich Neto, P. H., Rocha, C. H., Pierre, M. L., & Peretto, D. D. (2009). Produção de Sementes de Milho Crioulo no Assentamento Guanabara Como Estratégia Para o Desenvolvimento Regional no Território Caminhos do Tibagi. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8901

Resumo

Este projeto traz o relato da experiência em desenvolvimento no assentamento Guanabara, município de Imbaú – PR, o qual possui um dos mais baixos Ìndice de Desenvolvimento Humano da região sul do Brasil. Os assentados exploram coletivamente uma área de 150 ha, que é utilizada para produção de sementes de milho crioulo, adubação verde, feijão e arroz. O objetivo do projeto é estabelecer a produção de sementes de milho crioulo de forma tecnificada, implementando uma Unidade de Beneficiamento, por melhorias no sistema de produção. Está sendo realizado o planejamento do uso das terras, correção de solos, ensaios de adaptabilidade de cultivares de inverno, bem como estuda-se um sistema de radiação solar direta para secagem das sementes. Serão realizados, paralelamente, ensaios de adaptabilidade de materiais para a produção de grãos e usos diferenciados, como silagem e milho verde. Integra-se a este, outro proejto para craicçaode frangos caipiras como forma de agregação de renda. Espera-se promover a capacitação e especialização nas atividades de produção, beneficiamento e comercialização dos produtos.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.