Sistema de Produção de Algodão Agroecológico no Agreste Paraibano
PDF

Como Citar

ALVES WANDERLEY JÚNIOR, J. S., BATISTA DA SILVA, M. N., DO NASCIMENTO SANTOS, F., & DA SILVA SANTOS, I. C. (2009). Sistema de Produção de Algodão Agroecológico no Agreste Paraibano. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8893

Resumo

A cultura do algodão é importante para a economia nordestina, pois gera milhares de emprego. Esse trabalho tem como objetivo identificar e avaliar as estratégias utilizadas na produção de algodão orgânico em sistemas agroecológicos. O trabalho foi desenvolvido em condições de campo na comunidade Gabinete pertencente aos assentamentos: Queimadas e Oziel Pereira, Remígio – PB no ano de 2008. Foram acompanhadas nove áreas de cultivo de algodão agroecológico e monitoradas as seguintes etapas do sistema de produção: preparo do terreno, plantio e colheita do algodão agroecológico. O uso da tração animal é uma prática que valida o manejo agroecológico. O plantio das áreas foi iniciado em maio chegando até o início de julho. As estratégias agroecológicas para controlar o ataque dessas pragas foram: uso de folhas de nim e maniçoba. Os agricultores possuem estratégias agroecológicas na produção de algodão orgânico.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.