Propagação Assexuada da Jaqueira (Artocarpus heterophyllus Lam.) como Ferramenta para Conservação de Clones de Elite desta Espécie.
PDF

Palavras-chave

GARFAGEM
GENÓTIPO
PEGAMENTO

Como Citar

LEMOS DE CARVALHO, P. C., DE JESUS BORGES, A., & ANDRADE TEIXEIRA, C. (2009). Propagação Assexuada da Jaqueira (Artocarpus heterophyllus Lam.) como Ferramenta para Conservação de Clones de Elite desta Espécie. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8890

Resumo

O objetivo deste trabalho foi realizar a clonagem de genótipos superiores para a perpetuação do indivíduo desejado, que conduzirá a uma planta da jaqueira a frutificar em três a quatro anos. O trabalho foi desenvolvido na região do recôncavo baiano no município de São Félix com diferentes cultivares de jaqueira. A retirada dos garfos foi realizada em 10 plantas previamente selecionadas segundo indicação de agricultores sobre as características organolépticas de cada genótipo. Entre as plantas selecionadas cinco apresentavam a polpa mole (jaca mole) e as outras cinco foram oriundas de árvores com a polpa dura (jaca dura). Sendo considerada pelos viveiristas como uma planta de difícil enxertia por ser latescente, foi expressivo o sucesso da técnica que pode ser atribuído a detalhes importantes na preparação do garfo e cuidados com o enxerto logo após a garfagem. As mudas foram submetidas a uma seleção e três em cada genótipo foram implantadas no campo numa propriedade particular, onde está sendo formada uma coleção de clones de elite visando a conservação de genótipos com características desejáveis e que possam servir futuramente como matrizes fornecedoras de garfos para produtores de mudas e agricultores que tenham interesse neste cultivo. A coleção não pode ser considerada como banco de germoplasma, mas pode servir para cumprir o papel de proteger estes genótipos da ação depredadora desenvolvida por interessados na madeira da jaqueira.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.