Manejo da Capoeira por Agricultores no Município de Altamira – PA
PDF

Palavras-chave

Sucessão florestal
Pousio
Agricultura itinerante.

Como Citar

Santos de Souza, E., Menezes Portugal, A., Miranda Moreira, G., Félix de Moura, H., & Marques da Silva, M. (2009). Manejo da Capoeira por Agricultores no Município de Altamira – PA. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8885

Resumo

A disponibilidade de capoeira para a implantação de culturas visando atender a demanda de consumo das famílias desta região é restrita, pois parte da propriedade é ocupada por forrageiras para a prática da pecuária e as áreas de mata são insignificantes em relação ao seu tamanho real. A pesquisa foi realizada através de uma abordagem qualitativa em 20 estabelecimentos agrícola localizados no Município de Altamira - Pará. As famílias adotam suas próprias práticas de manejo de acordo com a área disponível. Alguns costumam utilizar a mesma área anualmente através da mecanização ou do plantio direto, pois dispõem de uma pequena área de cobertura vegetal, outros deixam em pousio, transformando-a em capoeira, com intervalo de rotação de três/quatro anos, dependendo da disponibilidade de outras áreas para o plantio. A manutenção da fertilidade é feita através da reestruturação da vegetação nativa, a qual é incorporada ao solo após o pousio, melhorando os aspectos físico-químicos deste.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.