Qualidade de Leite Associada a Qualidade de Vida
PDF

Palavras-chave

QVT
qualidade do leite
CCS
bem-estar animal
satisfação

Como Citar

Lorenzon, J. (2009). Qualidade de Leite Associada a Qualidade de Vida. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8863

Resumo

A IN 51 tem gerado debate sobre qualidade do leite e o impacto na agricultura familiar. Qualidade de vida do trabalhador e bem-estar animal, são importantes para obter produto com qualidade biológica e ética. Criações modernas modificam sistemas tradicionais e exigem mais produção em menos espaço e tempo, geram estresse aos animais, excluem agricultores descapitalizados. Condições criatórias estressantes podem resultar em pior qualidade do produto. Relação humano-animal pobre também pode causar estresse. Foram avaliadas unidades de produção com alimentação a pasto e no cocho, nas estações do ano, verificando diferenças na satisfação do trabalhador e QVT; de CCS (Contagem de Células Somáticas), composição bromatológica do leite e teste com CMT (California Mastite Teste); e ocorrência de manqueira nas vacas. No PRV, houve menor ocorrência de CCS (P<0,05) nas quatro estações, e maior teor de gordura (P<0,05) no verão. Os demais parâmetros não apresentaram diferença estatística. Embora os agricultores tenham dito-se satisfeitos, observou-se tendência de melhor satisfação e perspectivas de futuro com a produção de leite a pasto.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.