Análise da Renda Familiar no Reassentamento Piabanha II – São Salvador do Tocantins
PDF

Palavras-chave

reassentamento
renda
agricultura familiar

Como Citar

Mata, J. F. da, Miranda, V. C., Silveira, M. C., Tschoeke, P. H., & Leite, P. J. . B. (2009). Análise da Renda Familiar no Reassentamento Piabanha II – São Salvador do Tocantins. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8827

Resumo

No processo de construção de hidrelétricas, quando se torna necessário realizar a relocação de famílias, as áreas de reassentamentos rurais devem ter a possibilidade de garantir sustentação econômica das famílias relocadas, tendo sempre como base a situação da área de origem dessas. Este trabalho teve como objetivo avaliar se houve alteração na renda familiar das famílias do reassentamento Piabanha II. A metodologia utilizada foi análise descritiva temporal por meio de pesquisa de campo com as 22 famílias do reassentamento. Para o cálculo da renda foi utilizado o método de Diagnóstico de Sistemas Agrários. Para a realização da pesquisa foi aplicado um questionário semi-estruturado. A maioria das famílias do assentamento Piabanha II obtêm sua renda familiar de práticas agrícolas, criação de animais, ambos com objetivo de subsistência e por renda familiar externa. Concluiu-se que a renda externa contribuiu para o aumento na renda total no ano de 2007 e que a renda por força de trabalho indica que as famílias não estão em situação de exclusão.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.