Densidade e Biomassa de Minhocas em Pomar de Pessegueiro sob Diferentes Manejos do Solo
PDF

Palavras-chave

Oligochaeta
Agroecossistema
Adubo orgânico

Como Citar

Schiedeck, G., Schiavon, G. de A., & Schwengber, J. E. (2009). Densidade e Biomassa de Minhocas em Pomar de Pessegueiro sob Diferentes Manejos do Solo. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8765

Resumo

As minhocas favorecem o desenvolvimento das plantas ao alterarem as condições físicas, químicas e biológicas do solo. Contudo, o manejo do solo pode afetar a população e as atividades das minhocas nos agroecossistemas. Neste trabalho, verificou-se o efeito do manejo do solo sobre a população natural de minhocas em um pomar de pessegueiro. Avaliou-se 5 tratamentos sendo roçada, capina e combinações de capina com húmus de minhoca, esterco bovino e torta de mamona incorporados com enxada. As minhocas foram extraídas do solo com solução de formol 0,5%. A densidade e a biomassa de minhocas no tratamento onde a vegetação espontânea foi apenas roçada foram significativamente superiores aos demais tratamentos, que não diferiram entre si. Os valores médios foram de 98 minhocas m-2 e 50,66 g m-2 na área roçada e 14,66 minhocas m-2 e 5,33 g m-2 no tratamento mais próximo. As frequentes capinas e o revolvimento do solo parecem ser fatores decisivos na redução da população de minhocas nas áreas.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.