Variabilidade Espacial da Resistência do Solo à Penetração em Áreas Sob Cultivos Puros e Consorciados de Café e Eucalipto
PDF

Palavras-chave

Penetrômetro de impacto
Café
Eucalipto
Consórcio

Como Citar

Campanharo, W. A., Viganô Sperandio, H., Avelino Cecilio, R., Patricio de Hollanda, M., & Roldi Guariz, H. (2009). Variabilidade Espacial da Resistência do Solo à Penetração em Áreas Sob Cultivos Puros e Consorciados de Café e Eucalipto. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8764

Resumo

A resistência à penetração serve como base para avaliação dos efeitos dos sistemas de manejo do solo sobre o ambiente radicular, prevenir impedimentos mecânicos, detectar camadas compactadas, entre outros. Os sistemas agroflorestais vieram como uma opção para amenizar adversidades encontradas com a agropecuária, sendo recomendados como alternativa econômica, bem como na recuperação de solos degradados. O presente trabalho propôs analisar o comportamento da resistência mecânica à penetração do solo com a implantação de SAF e suas modificações, assim utilizou-se um penetrômetro de impacto, onde se obteve os valores de resistência a penetração para o plantio de Café, Eucalipto, e o SAF de café com eucalipto. As maiores variações no perfil de 30 cm do solo foram encontradas sob o plantio de café, podendo ser caracterizado pelo adensamento das raízes nos primeiros 50 cm. A implantação do SAF obteve sucesso na descompactação do solo, porém é incipiente.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.