Desempenho de Cultivares de Café em Cultivo Orgânico no Município de Espera Feliz, MG – Safra 2009
PDF

Palavras-chave

Coffea arabica
pesquisa participativa
cafeicultura orgânica

Como Citar

Moura, W. de M., Lima, P. C. de, Aspiazú, I., dos Santos, J., Reigado, F. R., & Silva, T. C. (2009). Desempenho de Cultivares de Café em Cultivo Orgânico no Município de Espera Feliz, MG – Safra 2009. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8733

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar cultivares de café no sistema orgânico no Município de Espera Feliz, visando recomendar cultivares promissoras para esse sistema e identificar variabilidade a ser utilizada em programas de melhoramento genético. Utilizou-se delineamento experimental em blocos casualizados com 35 cultivares e três repetições. Adotou-se a metodologia de pesquisa participativa e foram avaliados, em 2009, as características: vigor vegetativo, incidência de ferrugem, cercosporiose, seca de ponteiro, percentagem de frutos com lojas vazias e produtividade. As cultivares de café apresentaram ampla variabilidade genética para a maioria das características avaliadas. Considerando as características avaliadas, destacaram-se as cultivares Paraíso MG H 419-1, Catucaí Vermelho, Sabiá - 708, H518-3-6-1, Oeiras MG 6851, Catuaí Vermelho IAC 15 e Ouro Verde IAC H 5010-5. Estas cultivares apresentam potencial de uso em sistemas orgânicos, entretanto são necessárias avaliações de quatro colheitas para informações mais seguras.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.