Seletividade de Produtos Utilizados no Sistema Agroecológico Sobre Larvas da Joaninha Harmonia axyridis (Pallas, 1773) (Coleoptera, Coccinellidae).
PDF

Palavras-chave

predador
controle alternativo
bioinseticidas

Como Citar

Gazola, D., Miranda, A. M., Bellon, P. P., Scherer, W. A., Rheinheimer, A. R., & Pietrowski, V. (2009). Seletividade de Produtos Utilizados no Sistema Agroecológico Sobre Larvas da Joaninha Harmonia axyridis (Pallas, 1773) (Coleoptera, Coccinellidae). Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8649

Resumo

Por ser um ótimo agente de controle biológico a joaninha Harmonia axyridis vem sendo utilizada no mundo inteiro para controlar surtos de insetos pragas, principalmente em sistemas agroecológicos. Contudo, alguns extratos utilizados nesse sistema podem não favorecer o seu desenvolvimento, causando mutações e até mortalidade de indivíduos por não serem seletivos. Este trabalho teve por objetivo testar a seletividade de produtos utilizados no sistema agroecológico sobre larvas da joaninha H. axyridis. O experimento contou com sete tratamentos, com seis repetições, sendo cada repetição composta por cinco larvas. Os produtos utilizados foram Planta Clean, Pironin, Calda Sulfocálcica, Mattan Plus e Extrato de Crisântemo, todos formulações comerciais não registradas e Óleo Mineral - Assist®. Como testemunha água destilada. Foram utilizadas larvas de 2° instar, aplicando-se 1 mL do produto por repetição. Avaliou-se diariamente a mortalidade de larvas e de pupas. Os resultados obtidos indicaram que Planta Clean e Mattan Plus foram seletivos, enquanto que o Extrato de Crisântemo causou mortalidade de 100% das larvas. Para pupas, os produtos Pironin e Planta Clean foram os que causaram menor mortalidade, porem o Óleo Mineral Assist matou 100% dos insetos nessa fase.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.