Produção De Mudas De Alface Submetidas A Diferentes Substratos Alternativos Em Bandejas De 200 E 288 Células
PDF

Palavras-chave

Lactuca sativa L.
substratos
produção de mudas.

Como Citar

Farinacio, D. F. D., & Godoy, W. I. (2009). Produção De Mudas De Alface Submetidas A Diferentes Substratos Alternativos Em Bandejas De 200 E 288 Células. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8597

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar substratos alternativos compostos por solo esterilizado, húmus, casca de arroz carbonizada, esterco bovino e cama de perú na produção de mudas de alface. O ensaio foi realizado em casa de vegetação em delineamento inteiramente casualizado, com 4 repetições. Os tratamentos foram: SE+CAC+CP = solo esterilizado, casca de arroz carbonizada e cama de perú (2:1:1); SE+CAC+EB= solo esterilizado, casca de arroz carbonizada e esterco bovino(2:1:1); SE+CAC+HM= solo esterilizado, casca de arroz carbonizada e húmus (2:1:1); e SUB. COM = substrato comercial Plantmax®. As sementes foram semeadas em bandejas de 200 e 288 células, sendo considerada como parcela útil as 64 plantas centrais. Avaliou-se porcentagem de germinação, a altura de plantas, o número de folhas definitivas aos, a fitomassa fresca e seca da parte aérea e do sistema radicular e área foliar aos 30 DAS. Não ocorreu diferença entre os tratamentos para a porcentagem de emergência. Os melhores resultados de fitomassa fresca e seca foram obtidos nos tratamentos SE+CAC+CP 200 e SUB.COM. 288 diferindo estatisticamente dos demais.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.