Uso de Sementes Tradicionais de Milho pelos Agricultores Familiares em Diamantina-MG.
PDF

Palavras-chave

Zea mays
Vale do Jequitinhonha
agricultura familiar

Como Citar

Borges Teodoro, R., Luiz de Oliveira, F., da Rocha, A. C., Ferreira da Silva, D., & Parron Padovan, M. (2009). Uso de Sementes Tradicionais de Milho pelos Agricultores Familiares em Diamantina-MG. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8582

Resumo

Este trabalho teve por objetivo identificar os tipos de sementes (cultivares) utilizadas pelos agricultores familiares no cultivo do milho no município de Diamantina-MG, Vale do Jequitinhonha. O estudo foi conduzido em oito comunidades rurais do município, sendo selecionadas um total de 47 produtores e os dados coletas por meio de questionários. Observou-se que 38,3%, 27,66% e 34,1% dos produtores utilizam sementes de paiol, variedades e híbridos, respectivamente. E a utilização de sementes de cultivares hibridas é inviável para agricultura familiar da região devido especificidade dos manejos empregados pelos agricultores locais. Contudo torna-se necessário orientar os produtores quanto ao armazenamento e ao plantio das variedades cultivadas.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.