Cultivo de Sementes de Milho Crioulo: Estratégia para Autonomia de Agricultores Familiares no Município de Jataí (GO)
PDF

Palavras-chave

Agricultura familiar
Sementes crioulas
Produção agrícola
Resgate cultural

Como Citar

Souza Dias, M., & Ribeiro, D. D. (2009). Cultivo de Sementes de Milho Crioulo: Estratégia para Autonomia de Agricultores Familiares no Município de Jataí (GO). Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8577

Resumo

O projeto de extensão “Reaplicação, reprodução e disseminação de sementes de milho crioulo e implantação de um banco de sementes: estratégia para autonomia de agricultores familiares em Jataí (GO)”, tem como objetivo contribuir com o reforço da agricultura familiar através da reprodução de quatro variedades do milho crioulo. O projeto está sendo desenvolvido no Assentamento Rio Claro com base na metodologia participativa e visa a autonomia dos agricultores frente ao mercado de sementes e de ração, elevando a renda destes e reforçando a solidariedade e a cooperação entre eles. O resgate das sementes de milho crioulo incentivou o plantio de culturas de subsistência e melhorou a qualidade da alimentação do rebanho bovino. Os resultados sociais se concentram na retomada dos trabalhos de mutirão, na festa da Pamonha e no primeiro Dia de Campo do Milho Crioulo. As sementes de milho crioulo estão possibilitando a autonomia econômica, resgate cultural e melhorias sociais na vida destes agricultores.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.