O Controle do Tabaco e a Disputa Pelo Devir dos Territórios Fumicultores
PDF

Palavras-chave

política pública
desenvolvimento rural
agroecologia

Como Citar

Mengel, A. A., & Barcellos, S. B. (2009). O Controle do Tabaco e a Disputa Pelo Devir dos Territórios Fumicultores. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8564

Resumo

O presente trabalho busca refletir como determinações estabelecidas em nível global afetam dinâmicas sociais em nível local. Tem como caso a discussão do controle do tabaco. Na abordagem da temática procura-se identificar como a CQCT influencia os territórios fumicultores no Brasil através das políticas públicas construídas a partir do mesmo. Busca-se apresentar uma primeira aproximação das dinâmicas sociais associadas à implementação destas políticas públicas, ou seja, como o tratado exacerba a disputa entre os defensores do agronegócio e da agroecologia? Utiliza-se, para a realização do trabalho, de uma análise de cunho qualitativo, sendo o procedimento de pesquisa a técnica de análise documental e revisão bibliográfica. Entende-se que parecem improváveis mudanças significativas na realidade dos territórios produtores de fumo no curto prazo, mesmo que a CQCT venha a repercutir no reforço ao projeto alternativo de desenvolvimento rural.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.