Gestão Participativa para o Desenvolvimento Sustentável da Comunidade Ilha Mem de Sá, Itaporanga D’Ajuda, Sergipe.
PDF

Palavras-chave

comunidade tradicional
pescadores
pesquisa participativa

Como Citar

Curado, F. F., Segundo, W. T. B., Santos, B. A. C., Júnior, I. P. de S., Ribeiro, I. M., & Oliveira, L. C. L. de. (2009). Gestão Participativa para o Desenvolvimento Sustentável da Comunidade Ilha Mem de Sá, Itaporanga D’Ajuda, Sergipe. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8513

Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar os resultados preliminares de pesquisa sobre a realidade sócio-econômica e ambiental da comunidade Ilha Mem de Sá, buscando a compreensão acerca das escolhas produtivas no universo das relações sociais que subsidiem a definição de estratégias de intervenção em bases agroecológicas neste espaço. Os dados foram obtidos mediante a utilização de técnicas qualitativas de pesquisa, baseadas no Diagnóstico Rural Participativo de Agroecossistemas e, após as sistematizações, devolvidos aos moradores em reuniões. Além do envolvimento e participação da população foram definidas estratégias de capacitação e de experimentação relacionadas (1) com a organização interna, (2) enriquecimento e melhor aproveitamento dos quintais, (3) educação alimentar e nutricional e (4) agregação de valor ao pescado. Todas as ações devem estar mediadas pelo diálogo entre os saberes locais e os conhecimentos técnico-científicos dos diversos atores envolvidos.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.