Uso de Resíduos Orgânicos no Manejo de Fitonematóides em Mudas de Mamoeiro em Substrato Solarizado
PDF

Palavras-chave

Papaya sp.
urina de vaca
Meloidogyne spp

Como Citar

Santana Luquine, L. L., Ritzinger, C. H. S. P., Santos, J. F. dos, Vieira, R. S., Damasceno, J. C. A., & Ledo, C. A. da S. (2009). Uso de Resíduos Orgânicos no Manejo de Fitonematóides em Mudas de Mamoeiro em Substrato Solarizado. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8466

Resumo

O experimento foi conduzido na Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, com solo infestado por Rotylenchulus reniformis, Helicotylenchus sp., Meloidogyne spp. e Pratylenchus sp. O solo sob plástico preto foi exposto à radiação solar por 40 dias, antes da aplicação dos tratamentos. Estimou-se a população inicial (Pi) de nematóides em 100 cm³ do substrato. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com três tratamentos e cinco repetições: testemunha; T2, 30 mL de urina de vaca; T3, 30 mL de rocksil diluído em água. A população de H. sp. foi maior na testemunha do que nos tratamentos. No tratamento com urina de vaca a população de R. reniformis foi menor, não houve diferença significativa para os nematóides de vida livre. O uso do plástico preto não foi eficiente na redução da população de nematóides. O tratamento com rocksil promoveu maior massa radicular.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.