Agroecologia: A Experiência do Acampamento Che Guevara do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra em Pernambuco/Brasil.
PDF

Palavras-chave

Segurança alimentar
agroecossitema e MST

Como Citar

Vasconcelos, G. O., Silva, A. A., & Costa, F. A. (2009). Agroecologia: A Experiência do Acampamento Che Guevara do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra em Pernambuco/Brasil. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8438

Resumo

Geralmente as áreas de acampamentos, na tentativa de produzir, os agricultores se sentem limitados por diversos problemas como: a má qualidade do solo, falta de crédito para investir e como consequência a insegurança alimentar. Este trabalho objetiva registrar as ações que contemplam a experiência no acampamento Che Guevara com práticas agroecológicas, localizado no município de Jurema - Pernambuco. Em parceira com ONGs e Ministério do Desenvolvimento Social, foram desenvolvidos projetos para diversificação da produção na perspectiva da agroecologia, como estratégia para garantir a soberania e segurança alimentar, entre 2006 a 2008. O público alvo foram os núcleos de famílias do acampamento. E como resultados concretos, a sensibilização e conscientização da mudança nas práticas produtivas, respeitando o meio ambiente, consumo de alimentos saudáveis e se tornaram multiplicadores da experiência em outras áreas do MST em Pernambuco.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.