Estudo Etnobotânico das Plantas Medicinais Utilizadas Pela População do Município de Jataí, Goiás
PDF

Palavras-chave

Etnobotânica.
Plantas Medicinais.
Goiás

Como Citar

de Freitas Silva, R., Scareli-Santos, C., Silva de Oliveira, F., & Oliveira Franco, Íria. (2009). Estudo Etnobotânico das Plantas Medicinais Utilizadas Pela População do Município de Jataí, Goiás. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8431

Resumo

São apresentados os resultados da pesquisa etnobotânica envolvendo 100 famílias no município de Jataí, GO, submetidas a entrevistas informais e questionários semi-estruturados. A análise final mostrou que 96% dos entrevistados fazem uso habitualmente de plantas medicinais, foram citadas 94 espécies distribuídas em 47 famílias e 87 gêneros. As famílias com maior número de citações foram: Lamiaceae, Poaceae e Rutaceae. Quanto a forma de uso, observamos 91,76% foram usadas na forma de chá, 2,65% como suco, 2,35% como emplasto e 3,24% administradas de outras formas. A parte mais utilizada das plantas foi a folha (79,41%), seguida da raiz (5,59%), do fruto (4,41%), da casca (3,53%) e, em menor número, de outras partes (7,06%). A maioria das espécies (96,87%) são provenientes de quintais; 57,29% dos entrevistados afirmaram que não fazem uso de interações com medicamentos alopáticos. Os dados obtidos demonstram que a comunidade amostrada é detentora de conhecimento sobre a flora medicinal
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.