Qualidade do Saneamento Ambiental na Área Rural como Fator de Interferência para o Desenvolvimento de Práticas Agroecológicas – Um estudo de caso
PDF

Palavras-chave

Saneamento ambiental
Desenvolvimento Rural Sustentável
Agroecologia

Como Citar

Araújo, K. C. S., & Borges, J. R. P. (2009). Qualidade do Saneamento Ambiental na Área Rural como Fator de Interferência para o Desenvolvimento de Práticas Agroecológicas – Um estudo de caso. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8413

Resumo

Estudos relacionados à qualidade do saneamento ambiental são de suma importância para se alcançar um desenvolvimento rural sustentável, assim como para o desenvolvimento da Agroecologia. O trabalho apresenta os resultados parciais de uma pesquisa em andamento, que enfatiza, entre outros, a qualidade do saneamento ambiental no assentamento Horto Loreto, em Araras, SP. O objetivo da pesquisa foi mapear os aspectos sanitário-ambientais no assentamento. A metodologia consistiu na aplicação de questionários fechados, abarcando blocos temáticos com questões referentes ao saneamento ambiental nos lotes. De acordo com os resultados parciais obtidos com a pesquisa, compreende-se que, no assentamento existem alguns entraves e práticas cotidianas realizadas pelos assentados que não condiz com os aspectos definidos por diversos órgãos e instituições científicas, para se atingir boa qualidade do saneamento ambiental – fator vital para o desenvolvimento de práticas agroecológicas.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.