Avaliação da Ocorrência de Pequenos Mamíferos em Diferentes Sistemas de Manejo Agrícola no Rio Grande do Sul, Brasil
PDF

Palavras-chave

agroecologia
agroecossistemas
roedores.

Como Citar

Rech, M., Pacheco, S. M., Schafer, A. E., & Sartori, V. C. (2009). Avaliação da Ocorrência de Pequenos Mamíferos em Diferentes Sistemas de Manejo Agrícola no Rio Grande do Sul, Brasil. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8340

Resumo

Realizou-se um estudo em São Domingos do Sul, RS, com o objetivo de avaliar a ocorrência de roedores e marsupiais em diferentes sistemas de manejo agrícola e em fragmento de mata nativa. A pesquisa foi realizada de maio de 2008 a abril de 2009, com a utilização de 30 gaiolas em cada área: a) cultivo agroecológico com policultura; b) fragmento de mata nativa com perturbação intermediária; e c) cultivo convencional, com monocultura (soja/canola) e uso de agrotóxicos. Foram capturadas seis espécies: Akodon montensis, Oligoryzomys nigripes, Oligoryzomys flavescens, Mus musculus e Rattus rattus (Rodentia); e Didelphis albiventris (Didelphimorphia). O cultivo convencional apresentou diferença significativa, quando comparado às outras áreas, quanto à diversidade e abundância de pequenos roedores. Conclui-se que o manejo agroecológico foi mais semelhante ao fragmento de mata nativa secundária, desempenhando um importante papel na manutenção dessas populações.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.