Uso de Nim e Caulim sobre Ninfas de Mosca-branca em Couve
PDF

Palavras-chave

Bemisia tabaci biótipo b
agricultura orgânica
brássicas
agroecologia.

Como Citar

Pissinati, A., Mikami, A. Y., Marques, C. R. G., Santos, O. J. A. P. dos, Piva, L. B., Ozawa, E. K. M., & Camargo, G. T. (2009). Uso de Nim e Caulim sobre Ninfas de Mosca-branca em Couve. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8291

Resumo

A mosca-branca é uma das principais pragas da agricultura brasileira. Seu manejo é realizado através da aplicação de inseticidas, porém buscam-se alternativas menos nocivas. O objetivo deste trabalho foi testar o efeito do óleo de nim e o caulim para controle da mosca-branca em couve. O experimento foi realizado em casa de vegetação com plantas em vaso que receberam quatro aplicações semanais. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições. A contagem das ninfas de 4º instar deu-se em quatro folhas de cada planta (uma repetição) em quatro áreas de 1cm² por folha. As médias foram transformadas em √x, comparadas pelo teste de Tukey, calculando-se a eficiência de controle pela Fórmula de Abbott. A mistura de nim+caulim+detergente não demonstrou sinergismo, pois apresentou média de população de ninfas superior ao observado com o nim+detergente, que proporcionou a maior eficiência de controle para ninfas de mosca branca em couve.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.