Efeito Fungistático de Bacillus spp. sobre Fungos Fitopatogênicos
PDF

Palavras-chave

Bacillus spp.
Alternaria sp.
Botrytis sp.
Fusarium oxysporum e Colletotrichum sp.

Como Citar

Angonese, M. T., Pereira, C. O. F., Della Giustina Junior, L. H. P., Pansera, M. R., Pagno, R. S., Mezzomo, F., Zorzi, E., & Ribeiro, R. T. da S. (2009). Efeito Fungistático de Bacillus spp. sobre Fungos Fitopatogênicos. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8256

Resumo

Em países de clima temperado como o Brasil, o controle fitossanitário da produção agrícola deve ser constante, porém o emprego de agrotóxicos polui o ambiente. Algumas espécies de Bacillus são antagonistas de fitopatógenos podendo ser usadas em programas de controle biológico. Os isolados FVI2, FRIIB2, FRIIB6 e FRIIB8 de Bacillus spp. foram avaliados em cultura dupla contra Alternaria spp., Botrytis spp., Fusarium oxysporum e Colletotrichum spp. O efeito dos isolados de Bacillus spp. sobre o desenvolvimento dos fungos foi avaliado em meio BDA, inoculando-se um disco de 2 mm de meio colonizado de cada um dos fungos. Os isolados de Bacillus foram estabelecidos na forma de estrias a 1,5 cm de distância do fungo alvo. A avaliação do antagonismo ocorreu após oito dias. O isolado FVI2 determinou a maior inibição de crescimento para todos os fitopatógenos alvo e o isolado FRIIB2 apresentou os resultados de menor inibição de crescimento.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.