Trajetórias de Transição dos Produtores de Base Ecológica de Ibiúna (SP): Desafios para o Desenvolvimento Sustentável
PDF

Palavras-chave

Agricultura Familiar
Sustentabilidade
Princípios Participativos

Como Citar

Kerber, M., & Abreu, L. S. de. (2009). Trajetórias de Transição dos Produtores de Base Ecológica de Ibiúna (SP): Desafios para o Desenvolvimento Sustentável. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8255

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo contribuir com a discussão sobre a sustentabilidade da agricultura familiar de base ecológica brasileira, através da reconstrução das trajetórias de transição, baseada em princípios participativos. O estudo de caso foi realizado na comunidade rural do Verava, Ibiúna – SP, onde agricultores familiares aderiram ao modo de produção de base ecológica. Para entender esse processo foram reconstruídas as trajetórias de transição, identificando períodos distintos, integrando na análise a visão dos agricultores. Tal abordagem permitiu captar a dinâmica e momentos chaves do processo de transição e os avanços e desafios no âmbito do desenvolvimento local. A pesquisa gerou um conjunto de conhecimentos que poderão servir de subsídios para a formulação de políticas públicas.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.