Antagonismo de Trichoderma viride Sobre Fungos Fitopatogênicos, Colletotrichum Spp. Cercospora musae e Asperisporium caricae em Fruteiras Tropicais.
PDF

Palavras-chave

doenças fúngicas
controle biológico
Trichoderma

Como Citar

Dantas da Silva Almeida, W. K. (2009). Antagonismo de Trichoderma viride Sobre Fungos Fitopatogênicos, Colletotrichum Spp. Cercospora musae e Asperisporium caricae em Fruteiras Tropicais. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8248

Resumo

Doenças fúngicas como a antracnose, causada pelo fungo filamentoso Colletotrichum, a sigatoka causada pelo Cercospora musae e a varíola causada pelo Asperisporium caricae, trazem sérios danos as plantas tropicais. Por serem danos que afetem características como textura, cor, sabor e aroma trazem prejuízos econômicos no comercio de frutos “in natura”. O controle biológico vem sendo pesquisado como alternativa, e neste trabalho testou-se isolados de Trichoderma viride quanto à capacidade antagônica a estes fungos fitopatogênicos. Os ensaios foram realizados em condições de laboratório para verificar o tipo de interação entre culturas pareadas de T. viride com os referidos fungos. Foram verificados também os metabólitos fixos e os metabólitos voláteis produzidos por T. viride. Os resultados mostraram considerável potencial antagônico para o biocontrole dos patógenos acima mencionados, tanto em culturas pareadas quanto os seus metabólitos fixos e voláteis. doenças fúngicas, biocontrole, Trichoderma.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.