Políticas Públicas, Tentativas De Estabelecimento De Áreas Livres De Ogms No Brasil E A Liberação Da Soja Roundup Read
PDF

Palavras-chave

transgênicos - políticas públicas - risco ambiental - princípio da precaução.

Como Citar

myszczuk, ana paula, Glitz, F., & dos Santos, R. R. (2009). Políticas Públicas, Tentativas De Estabelecimento De Áreas Livres De Ogms No Brasil E A Liberação Da Soja Roundup Read. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8242

Resumo

Este artigo visa examinar como a libertação da comercialização de soja Roundup Ready foi feita no Brasil e a resistência da sociedade organizada para esse fato. Para isso, a legislação brasileira sobre biossegurança é considerada, assim como os pedidos de liberação comercial da soja GM. São analisados, também, os processos judiciais propostos pelas organizações de consumidores. Ainda, são verificadas as tentativas de vários Estados da Federação em estabelecer áreas livre de transgênicos. Em conclusão será verificado que, embora a sociedade organizada e vários Estados da Federação tenham tentado estabelecer uma proibição da utilização de GMs ou criar espaço livre de OGM, a pressão de agricultores e indústria e a falta de supervisão eficaz do Governo Federal, fez com que estes se difundissem no país, sem o respeito ao princípio da precaução.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.