Proambiente Pólo Alto Acre Produzindo Com Base Nos Princípios Agroecológicos
PDF

Palavras-chave

Biodiversidade
serviços ambientais
planejamento familiar.

Como Citar

Duarte, A. P. (2009). Proambiente Pólo Alto Acre Produzindo Com Base Nos Princípios Agroecológicos. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8197

Resumo

O Programa de Desenvolvimento Socioambiental da Produção Familiar Rural – Proambiente surgiu em 2000, durante o Grito da Amazônia, resultado das reflexões e discussões dos movimentos sociais da Amazônia brasileira. Este programa tem por objetivo garantir, ao mesmo tempo, a sobrevivência destes produtores e a conservação dos recursos naturais da Floresta Amazônica, através do fortalecimento da agricultura familiar rural, com base nos princípios agroecológicos e a compensação pela Prestação de Serviços Ambientais. O polo Alto Acre envolve 400 famílias nos municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia e Xapuri estado do Acre. O presente estudo teve por objetivo identificar os principais resultados alcançados pelo programa, referentes ao período de 2006 a 2008. Os dados foram levantados através de entrevistas e observações de campo, junto a 307 famílias. Na análise dos dados obtidos, observou-se que o programa propiciou através da extensão rural diferenciada, e da capacitação para adoção de práticas de produção agroecológicas, a redução de 50% em relação à taxa média de desmatamento destas famílias, além da recuperação de 596 hectares de áreas alteradas e consequentemente, a mesma área em queimada evitada.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.