Seleção massal para cor de tegumento de uma variedade crioula de milho pipoca (Zea mays L.)
PDF

Palavras-chave

polinização aberta
agricultura familiar
adubação orgânica.

Como Citar

Matteucci, M. B. de A., Leandro, W. M., Ferreira, J. P., & de Melo Neto, A. J. (2009). Seleção massal para cor de tegumento de uma variedade crioula de milho pipoca (Zea mays L.). Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8179

Resumo

Este estudo teve por objetivo o melhoramento de população de uma variedade crioula de milho pipoca, visando obter uma variedade de polinização aberta, para uso comercial em agricultura familiar. A característica buscada foi a estabilidade fenotípica com relação à cor do tegumento roxo. O método utilizado foi a seleção massal estratificada, repetida por dois ciclos seletivos. O plantio foi feito em sistema de cultivo orgânico. A variedade obtida apresentou três variações fenotípicas com relação à cor do tegumento: roxo, amarelo e branco, sendo o de maior predominância a coloração roxa e menos freqüente a branca.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.