Condição Camponesa e Modo de Vida Camponês numa Análise de Práticas Agroecológicas em Sistemas Agroflorestais no RS
PDF

Palavras-chave

agricultura familiar
sustentabilidade
assentamentos rurais

Como Citar

Fraga Bolfe, A. P., & Bergamasco, S. M. (2009). Condição Camponesa e Modo de Vida Camponês numa Análise de Práticas Agroecológicas em Sistemas Agroflorestais no RS. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8169

Resumo

O trabalho apresenta a visão de agricultores familiares e agricultores familiares assentados com o intuito de desvendar quem são esses agricultores que se aventuram pela harmonia na relação sociedade e natureza, adotando sistemas agroflorestais, um desenho ecológico sustentável voltado para a agricultura e floresta. A pesquisa utilizou a metodologia da história oral, em duas áreas distintas no estado do RS, na região de Torres com agricultores familiares, no Assentamento 19 de Setembro, Guaíba com agricultores familiares assentados. Observa-se situações diferentes nos dois cenários, mas, ambos trazem a tona questões referentes a redefinição nas formas de organização da produção e em suas narrativas desvelam sentidos e significados definindo uma condição camponesa e modo de vida camponês numa luta pela autonomia e progresso no mundo caracterizado pelas relações de dependência e privação.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.