Patogenicidade de isolados de Beauveria bassiana e Metharizium anisopliae Sobre o Percevejo de renda da Mandioca Vatiga manihotae (Hemiptera: Tingidae)
PDF

Palavras-chave

Fungos entomopatogênicos
controle microbiano
Manihot esculenta Crantz.

Como Citar

Bellon, P. P., Rheinheimer, A. R., Gazola, D., Miranda, A. M., Pietrowski, V., Alves, L. F. A., & Mondardo, D. (2009). Patogenicidade de isolados de Beauveria bassiana e Metharizium anisopliae Sobre o Percevejo de renda da Mandioca Vatiga manihotae (Hemiptera: Tingidae). Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8167

Resumo

Esse trabalho teve por objetivo avaliar isolados de fungos entomopatogênicos, visando sua utilização no controle do percevejo de renda Vatiga manihotae. Ninfas de 3o ínstar e adultos foram inoculados com suspensões de conídios de dois isolados de Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. (CB 34, CG 716) e quatro isolados de Metharizium anisopliae (Metsch.) (CB 352, CB 417, SLP 358 E 06) na concentração padronizada de 1  109 conídios mL-1. Após a aplicação, os insetos foram mantidos nas folhas com auxílio de gaiolas foliares. As avaliações foram feitas a cada dois dias, por um período de 10 dias, determinando-se o percentual de insetos mortos. Verificou-se que os isolados avaliados foram patogênicos, sendo o isolado CB 34 de B. bassiana mais eficiente no controle das ninfas (100%) e adultos (71%) do percevejo de renda, enquanto que os isolados de M. anisopliae E06 e SPL 358 apresentaram menor atividade contra as ninfas (25 e 30,2%) e adultos, (25 e 13,2%) respectivamente.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.