Proposta de integração entre a etnobotânica e a agrofloresta em Manejos Florestais Comunitários (MFC) para fins conservacionistas
PDF

Palavras-chave

etnoconservação
problemas sócio-ambientais
diagnóstico participativo

Como Citar

Martina da Costa Quinteiro, M., Cabral Teixeira, D., Martins da Costa Quinteiro, J., & Sampaio Magalhães, L. M. (2009). Proposta de integração entre a etnobotânica e a agrofloresta em Manejos Florestais Comunitários (MFC) para fins conservacionistas. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8103

Resumo

O presente trabalho tem o objetivo de gerar propostas para um programa de etnoconservação aplicado ao manejo comunitário de fragmentos florestais realizados sobre a forma de Sistemas Agroflorestais. Foram inventariadas algumas plantas de diferentes categorias de uso, na comunidade da Região de Visconde de Mauá (RJ/MG), sendo relacionadas diversas formas de aplicação da pesquisa etnobotânica para a conservação, uso sustentável da biodiversidade e orientação dos problemas sócio-ambientais observados. O programa de etnoconservação ambiental envolvendo o Manejo Florestal Comunitário representa um caminho para o diálogo de saberes, através da articulação entre a etnobotânica, o diagnóstico ambiental participativo e sua interação com os SAFs, com benefícios para a comunidade de estudo, o setor florestal da região e o patrimônio cultural local.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.