Hortas Urbanas Comunitárias e a Economia Solidária
PDF

Palavras-chave

trabalho.
renda.
segurança alimentar.

Como Citar

Bueno Pimentel, A. E., & Laura, C. A. (2009). Hortas Urbanas Comunitárias e a Economia Solidária. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8094

Resumo

Este trabalho objetiva analisar o funcionamento de hortas urbanas comunitárias implantadas no município de Botucatu (SP) e verificar se estas se encontram dentro da lógica da Economia Solidária. Conclui-se que estas hortas estão inseridas na lógica da economia solidária na medida em que garantem aos participantes trabalho, renda, melhoria da alimentação e inclusão social. Contudo, mudanças políticas podem modificar essa forma de alocação dos recursos por parte da prefeitura e assim a manutenção desses empreendimentos. Também não há mecanismo que garanta a venda desses produtos apenas para a população do entorno.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.