Que Modelo de Organização Para o Pós-Colheita do Algodão Agroecológico?
PDF

Palavras-chave

semi-árido
algodão orgânico
comercialização

Como Citar

Bloch, D. A., & Lima, P. J. B. (2009). Que Modelo de Organização Para o Pós-Colheita do Algodão Agroecológico?. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8032

Resumo

O Projeto Algodão em Consórcios Agroecológicos iniciou em 2008, no bojo do Projeto Dom Helder Camara. Ele visa a expansão do cultivo do algodão, consorciado com milho, feijão e gergelim (entre outros), em cem comunidades do Semi-Árido Nordestino, ao longo de três anos. Um dos desafios é criar, junto com os agricultores, um modelo original de organização do beneficiamento e da comercialização. O texto toma como ponto de partida a experiência da ADEC no Ceará para, em seguida, apresentar o modelo atualmente em discussão no Projeto Algodão. Traz, por fim, sugestões para melhorar a sustentabilidade deste modelo.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.