Agroecossistemas familiares e o serviço de assistência técnica: a diversidade de noções de sustentabilidade inseridas no território sudeste do estado do Pará, Amazônia
PDF

Palavras-chave

Sustentabilidade local
indicadores de sustentabilidade
abordagem sistêmica
agricultura familiar.

Como Citar

Silva, L. M. S., & Nogueira, A. C. N. (2009). Agroecossistemas familiares e o serviço de assistência técnica: a diversidade de noções de sustentabilidade inseridas no território sudeste do estado do Pará, Amazônia. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8031

Resumo

O presente estudo buscou pistas para aprimorar ferramentas para avaliação de impactos da nova política agrária nacional, em contexto amazônico. Tendo como cenário de inserção a problemática dos agroecossistemas familiares do território sudeste do estado do Pará, foram abordadas as noções locais de sustentabilidade da agricultura familiar, como ponto de partida essencial na busca de indicadores de avaliação da sustentabilidade ampla desta categoria sócio-produtiva. Notou-se que o conceito proposto por Silva (2008) guarda certa coerência local e parece ser operacional em termos territoriais. O próximo passo do estudo será concentrado na validação dos indicadores de avaliação ambiental, social e técnico-econômica, visando uma reflexão participativa em torno das atuais potencialidade e limitações do PRONAF sob a sustentabilidade ampla dos agroecossistemas avaliados.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.