Acampamento Elisabete Teixeira, Limeira/SP: as Práticas Agroecológicas intrínsecas no Saber Camponês
PDF

Palavras-chave

agroecologia
acampamento rural
conhecimento local

Como Citar

da Silva, R. A., & Oliveira, B. C. (2009). Acampamento Elisabete Teixeira, Limeira/SP: as Práticas Agroecológicas intrínsecas no Saber Camponês. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8025

Resumo

O conhecimento do meio ambiente pelos grupos locais pode criar estratégias produtivas de uso da terra e, dentro de alguns limites ecológicos e técnicos, na auto-suficiência alimentar das comunidades locais. O presente trabalho foi realizado no acampamento “Elisabete Teixeira, localizado no município de Limeira (SP). Nele serão apresentados e discutidos os dados relativos aos conhecimentos dos acampados relacionados à terra e práticas agrícolas desenvolvidas. As metodologias utilizadas foram pesquisa-ação participativa e entrevistas semi-estruturadas. A pesquisa apontou que os conhecimentos adquiridos ao longo da vida e o trabalho no campo são fundamentais para esta população que lida com a dificuldade de acesso a livros, cursos ou análises laboratoriais precisas sobre a situação do lugar em que vivem. Características do campesinato evidenciam-se através da ética ambiental existente nos reflorestamentos voluntários.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.