Acúmulo de Micronutrientes na Rúcula Cultivada com Ninhos de Cupins
PDF

Palavras-chave

Euruca sativa (L.)
biofertilizante
solos do Cerrado.

Como Citar

Ferreira Inocêncio, M., Novelino, J. O., Ramão Paim, L., & Santos Gutierrez, R. (2009). Acúmulo de Micronutrientes na Rúcula Cultivada com Ninhos de Cupins. Revista Brasileira De Agroecologia, 4(2). Recuperado de https://revistas.aba-agroecologia.org.br/rbagroecologia/article/view/8004

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito residual de ninhos de cupins no acúmulo de micronutrientes (cobre, ferro, manganês e zinco) na biomassa da parte aérea da rúcula cultivada em sucessão a alface. O experimento foi realizado em casa-de-vegetação no delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 6 x 3, consistindo de seis doses de ninhos de cupins (0, 50, 100, 150, 200 e 300 g dm-3) e três amostras de classes de solos e quatro repetições. Inicialmente foi cultivada a alface e em sucessão a cultura da rúcula. Aos 41 dias após a semeadura, as plantas foram cortadas rente ao solo e lavadas com água corrente e deionizada, secas em estufa de circulação de ar forçado, pesadas e depois trituradas para realização das análises químicas dos micronutrientes. O acúmulo foi calculado como o produto da biomassa seca e o teor de todos os micronutrientes. Os ninhos de cupins e a interação solo x dose influenciaram todos os micronutrientes avaliados na biomassa de rúcula.
PDF

Aviso de Copyright
Os direitos autorais para artigos publicados nesta revista são dos autores, com direitos de primeira publicação para a revista.

Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de distribuição gratuita, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais com licenciada através da CC BY-NC-SA.